Como fazer uma boa gestão de negócios

Sua caixa de entrada não será mais a mesma!
Receba os conteúdos mais recentes e fresquinhos da OCA Comunica, direto no seu e-mail

Na prática, um líder e profissional que pratica uma boa gestão de negócios é a pessoa que se torna responsável por administrar a empresa visando metas e motivando a equipe para fazer um bom trabalho em grupo.

A gestão de negócios é um conjunto de competências voltadas à administração de empresas, que visa processos eficientes para atingir objetivos concretos.

Nessa atividade, estão incluídos itens como liderança de equipe, monitoramento de processos, planejamento de projetos e organização.

Devido a grande importância desse profissional para o desempenho de empresas e demais colaboradores, existem várias técnicas de gestão que são desenvolvidas e um amplo campo de estudo voltado para a área.

Para se ter uma ideia, hoje existem cursos profissionalizantes especializados em gestão de negócios, tanto presenciais como remotos. São para quem busca melhorar suas habilidades na área ou integrar seus conhecimentos.

Cenário pós pandemia

Com a crise econômica que a pandemia trouxe e as dificuldades de ingressar no mercado só aumentando, as pessoas tendem a buscar novas alternativas para se posicionar no mercado e se aperfeiçoar devido à concorrência. 

Uma vaga comum hoje exige experiência, formação e habilidades diversas das quais nem todos possuem. A consequência disso é um índice de desemprego nas alturas.

Para se ter uma ideia, algumas vagas de porteiro – antes visto como uma atividade mais “simples” –  exigem saber lidar com locação de impressoras, inglês básico e informática básica, por exemplo.

Uma alternativa muito procurada em vista desse cenário foi o empreendedorismo, uma saída muito boa para quem procura um meio de renda.

Contudo, aqueles que desejam investir em um negócio próprio, demandam ainda mais atenção à gestão.

Crescimento das oportunidades no ambiente digital

Atualmente, as pessoas compram muito mais pela internet do que antigamente. Além disso, ficou mais fácil criar uma loja online com plataformas específicas para isso. 

Com isso, muito dificilmente uma empresa se manterá ativa se não estiver presente também na internet. 

Esse é um espaço de grande relevância no mercado, seja para empresas que lidam diretamente com a tecnologia, como assistência técnica informática, bem como quaisquer empreendimentos que desejam alcançar os clientes e criar uma boa base de relacionamento enquanto loja virtual ou mesmo segmentos que atuam presencialmente mas querem expandir o público.

O marketing, por exemplo, muitas vezes atua em sua maior parte na internet.

Ainda assim, para fazer uma empresa amadurecer e crescer, é necessário uma atenção à administração, atendimento e processos.

É de vital importância investir em conhecimentos de gestão de negócios e marketing para que a empresa se desenvolva e é exatamente sobre esse processo que discorreremos nos próximos tópicos.

Esquematize a gestão do seu negócio

Para fazer uma boa gestão da sua empresa, é preciso conhecê-la por completo. Então é necessário planejar a gestão com base no esquema de funcionamento, considerando as especificidades e o mercado em que está inserido.

O esquema da empresa precisa conter um plano de negócio com os objetivos a se atingir. Esse plano precisa ser de conhecimento geral dos colaboradores para que todos possam trabalhar em sintonia em busca das metas. 

Também é importante documentar como é o funcionamento dos fluxos e atividades, bem como da situação financeira e de estoque para ter uma visão geral do negócio. 

Dessa forma a compreensão sobre o empreendimento e suas necessidades para realizar boas vendas e desenvolver a marca se tornam mais claros e simplificados, auxiliando na tomada de decisões.

Atividades atribuídas ao gestor

O gestor precisa de diversas habilidades para executar os vários papéis dentro da empresa.

Uma boa comunicação é essencial, visto que ele fará a integração entre as equipes e lidará com as demandas pessoais e profissionais dos colaboradores, marcas e até de clientes.

Também é necessário saber negociar. Por diversas vezes o gestor terá a responsabilidade de tomar decisões dentro do setor financeiro e até mesmo no setor de recursos humanos, bem como tratar com parceiros e consumidores, devendo encontrar o equilíbrio entre as soluções propostas.

Vale ressaltar que ele tem a  participação e gerencia os setores, porém não é o responsável direto por eles e por suas respectivas funções.

Conheça nos próximos tópicos outros processos fundamentais para uma boa gestão:

  1. Controle de recursos

Controlar os recursos da empresa é um dos principais papéis do gestor, esse vai analisar o foco do setor financeiro com base nos objetivos a se atingir.

Mesmo contando com a ajuda do setor, o gestor é quem definirá a melhor estratégia para atingir as metas e manter a empresa saudável financeiramente, identificando as soluções mais qualificadas para o negócio e o orçamento disponível.

Um gabinete personalizado, por exemplo, pode ser uma necessidade para os profissionais da área de tecnologia e a personalização proposta possibilita uma melhor aderência aos eletrônicos, permitindo a atividade com mais destreza. 

Assim, o gestor – juntamente com as equipes – deverá avaliar qual o custo desse item e a quantidade necessária, identificando os diferentes orçamentos propostos, afinal se mostrou um custo necessário, mas ainda precisa ser controlado corretamente.

  1. Liderança de colaboradores

O gestor é responsável pela equipe. Montar, coordenar e incentivar a equipe é uma habilidade que diz respeito a esse profissional, mantendo-os motivados e produtivos.

Desse modo, cada gestor será encarregado pelos membros de sua equipe, bem como pelo relacionamento com indivíduos que se relacionam com a empresa, seja direta ou indiretamente. 

Tomar decisões quanto a quem ingressa ou migra de equipe, por exemplo, é uma decisão de responsabilidade desses profissionais. 

Inclusive, uma decisão acertada é fundamental para o negócio, visto que isso pode acarretar na melhora no ambiente de trabalho e, consequentemente, na obtenção dos objetivos mais rapidamente.

Além disso, se um colaborador é afastado por um acidente de trabalho envolvendo uma guilhotina industrial, por exemplo, o gestor deverá saber.

Por isso o setor de recursos humanos é uma área de constante integração com o gestor, para poder acompanhar o monitoramento da equipe e promover um melhor ambiente de trabalho.

  1. Solução de problemas

Diariamente, surgem imprevistos em diferentes setores da empresa. É responsabilidade do gestor tomar a frente diante dessas situações.

É essa a pessoa que dirá o que fazer e por qual caminho seguir em cada situação, adotando estratégias para solucionar o problema e até para reduzir os riscos de imprevistos diversos.

Essa é uma das razões pela qual o gestor integra, de certa forma, todos os setores. Ele precisa ter conhecimento do que acontece dentro da empresa para otimizar os fluxos e solucionar problemas de forma prática, ainda que em um empreendimento digital.

Para se ter uma ideia, em um empreendimento que lida diariamente com frotas de carros e caminhões, o gestor pode identificar a necessidade de adotar um cronograma para realizar manutenções e manter a linha funcionando corretamente, ainda que seja necessário realizar o selante para radiador em alguns veículos.

Com isso, ele evitará riscos diversos e preservará a frota e profissionais que lidam diretamente com os veículos.

  1. Planejamento do futuro

A gestão é um conjunto de estratégias que têm objetivos direcionados ao crescimento da empresa de forma sustentável.

Tendo isso em mente, o gestor é o responsável por definir o planejamento de metas de curto e longo prazo, considerando os desafios dos setores e até o local em que almeja estar com a marca em alguns anos, de modo a estabelecer marcos e tomar decisões condizentes com esse objetivo.

  1. Entendimento do mercado

Acompanhar o mercado no qual se está atuando é uma estratégia muito relevante para quem deseja ser um bom gestor e precisa enxergar cenários e tendências para melhoria.

Saber quais as tendências atuais, como está a movimentação do mercado como um todo e qual o comportamento de compra do seu potencial cliente, são informações que podem te diferenciar da concorrência.

Além disso, tendo em vista como os concorrentes se comportam referente a custos, preços e envio, permite analisar formas de se relacionar com o público e promover seus diferenciais, trazendo uma orientação do que é melhor para o seu empreendimento.

Nesse cenário, considere que um gestor de uma empresa especializada em filtros está atualizado com o mercado e viu que há novos filtro jacuzzi e que seu concorrente está incorporando novos modelos no catálogo.

Ao avaliar o movimento do setor, o gestor poderá elaborar uma estratégia para não ficar para trás e avaliar os produtos e ofertas que poderá realizar, se mantendo competitivo.

Além disso, saber qual é o seu potencial cliente é essencial para todos os modelos de negócio, assim os gestores podem trabalhar em cima de marketing de serviço ou produto para atender as necessidades dessa audiência de forma direcionada.

A sua região de atuação também é um fator importante a se levar em conta, visto que o padrão de mercado pode se alterar dependendo da localidade. 

O bom gestor sempre procura novidades em conceitos e informações, e está sempre se atualizando. Dessa maneira o empreendimento não ficará ultrapassado.

Fazer a avaliação da efetividade do próprio produto/serviço vendido é uma ótima estratégia para quem busca a constante melhoria.

Como visto anteriormente, um bom gestor precisa estar atualizado, por isso, é necessário ser flexível para implementar novidades no empreendimento e criatividade para fazê-lo.

  1. Esteja por dentro de tudo na empresa

Sabemos que o bom gestor precisa integrar todos os setores, para isso é preciso se fazer presente na empresa, mas não completamente necessário, de modo que os profissionais tenham autonomia suficiente para realizar plenamente suas funções.

O gestor é o profissional que sabe de todos os processos na empresa, desde a instalação dos novos artefatos de cimento na parede, até o fechamento do contrato com um cliente.

Acompanhar os processos da empresa te deixa informado do que acontece e pode impactar o negócio de forma ampla.

Nesse contexto, os processos que podem demandar mais atenção se relacionam ao setor administrativo, como reuniões, acompanhamento de resultados e elaboração de projeções. 

Dessa maneira, o profissional deve conhecer a rotina administrativa do empreendimento para realizar o seu trabalho de forma eficiente.

Uma ótima maneira de centralizar informações e ajudar na organização da empresa é utilizar ferramentas de organização, muitas vezes disponíveis em aplicativos e softwares de gestão.

Conclusão e dicas

A gestão de negócios é de extrema importância para empreendedores iniciantes e também os mais experientes.

O gestor qualificado pode fazer toda a diferença no que diz respeito a quais empresas maduram e crescem e quais caem em falência..

Quando falamos em gestão de negócios, tendemos a pensar em um profissional ou uma equipe focada em administrar os setores e uma alta gestão para dar suporte na avaliação de toda a empresa, promovendo o crescimento saudável.

Contudo, os gestores profissionais também podem se subdividir entre os setores da empresa, sendo cada um responsável por uma área, o que otimiza bastante o fluxo de atividades e controle da marca. 

Essa classificação dependerá do tamanho da empresa e da dimensão das equipes, visto que algumas empresas pequenas possuem um único funcionário por setor.

Essa estratégia é boa para não sobrecarregarem os profissionais, dividindo o trabalho e tendo mais mentes trabalhando em conjunto para atingir os objetivos.

Os gestores dos setores estarão focados em suas determinadas áreas, facilitando a tomada de decisões daquele setor.

Investir em uma equipe de gestores pode ser uma estratégia interessante para grandes empresas que buscam um nível elevado de organização e potencial de desenvolvimento.

Afinal, esses profissionais é que impactarão no sucesso da marca. Para que a atividade seja mais facilmente realizada, algumas dicas essenciais, conforme vimos ao longo do material, são:

  • Utilize ferramentas de otimização de trabalho;
  • Deixe os objetivos claros e concretos;
  • Esteja alinhado com todos os setores;
  • Invista em conhecimento da área;
  • Tenha atenção os padrões de mercado;
  • Seja organizado financeiramente.

Sabendo disso, temos em vista que o bom gestor de negócios é uma pessoa com várias habilidades pessoais, que planeja um conjunto de estratégias de administração para a empresa poder atingir objetivos concretos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe esse conteúdo:

Categorias:

Últimos Posts

Receba nossas novidades