fbpx
Blogando – Treinamentos de marketing digital

Blogando – Treinamentos de marketing digital

Nosso time esteve em peso em mais um treinamento da Resultados Digitais

Mais um treinamento para a nossa conta! É esse o sentimento que eu – Giovanni – e Renata, pudemos sentir depois de participar do #Bootcamp09, da Resultados Digitais, nosso parceiro (sensacional) de Inbound Marketing. Como sempre, todo o esforço que tivemos para chegar até o evento (sim, levantamos 6 horas da manhã para podermos estar em São Paulo às 9 horas, horário do evento) e nos mantermos atenciosos à enxurrada de conteúdo que nos atingiu, foi gratificante quando, finalmente, chegamos ao final do dia.

As experiências porém, minha e da Renata, foram diferentes. Eu, como já estou inserido no mercado de Inbound Marketing desde 2017, quando assinamos o contrato com a Resultados Digitais, tenho mais vivência com a ferramenta e, mesmo que complexos, com os termos relacionados a essa serviço. Então, tomando isso como ponto de partida, isso me deixou muito contente em saber onde o meu eu profissional está e saber que, em todas as palestras ali apresentadas, o entendimento que eu tinha sobre a plataforma e o serviço, de fato, era concreto. 

Dentre os termos técnicos, tivemos várias pinceladas sobre o Sucesso do Cliente junto ao Inbound Marketing, assim como os erros e acertos comuns que temos, quando todos ali presentes no auditório compartilharam suas experiências diárias em suas agências. Além disso, duas palestras me deixaram com mais brilho nos olhos: 

  • Do Nubank, ministrada pelo Bruno Giacomelli, onde os temas abordados foram a estrutura da equipe do banco, voltada especialmente para oferecer o melhor atendimento para o cliente final. Lá, qualquer pessoa acionada para resolver um problema, tem a autonomia para resolvê-los, e isso é algo que cada vez mais está sendo estruturado aqui na OCA Comunica. 
  • E a palestra final, da Débora Brauhardt, da empresa Vittude, que abordou um tema MUITO importante, que poucos eventos divulgam como pauta: a saúde mental dentro do ambiente de trabalho. Esse é um tema recorrente em todas as empresas hoje em dia, mas que poucos conversam sobre e se propõem a solucionar, pensando na questão humana do trabalho. 

No fim do dia, eu me senti realizado. Consegui enxergar em cada uma das palestras, o quanto eu cresci nesses 3 anos de OCA, e o quanto a minha experiência em Inbound Marketing me preparou para atender e entender melhor os clientes que temos hoje e que ainda virão. 

Deixo então, a partir deste ponto, para que a Renata escreva sobre a sua experiência, como iniciante nos eventos da Resultados Digitais e que, com toda certeza, vai poder um dia se orgulhar do seu desenvolvimento, como eu hoje me sinto. 

“Foi meu primeiro Bootcamp e só tenho coisas incríveis para dizer. Sou iniciante no mundo publicitário, então, em alguns momentos fiquei um pouco perdida, com siglas e palavras que até então eu não conhecia. Mas tudo isso só me acrescentou ainda mais. Todos os palestrantes e equipe do RD estavam dispostos a ajudar e isso foi um ponto muito importante para tudo fluir do melhor jeito possível.
Em todas as palestras, algo me marcou, me fazendo pensar em como poderia aplicar no meu dia e dia para conduzir da melhor forma dentro da agência e no meu caso, na faculdade também. Na primeira palestra, o Eduardo (da agência Diwe) fez duas perguntas que me fizeram refletir muito em cima delas: “Qual foi a última vez que você fez algo diferente?” e “O que falta para você começar hoje?”. Como crio conteúdo aqui na agência, às vezes tenho a sensação de cair em um “looping” e não conseguir inovar nos textos, precisando pesquisar muito e me atualizar sobre diversos assuntos, para não cair nesse “looping”. A pergunta dele me fez pensar que posso abrir ainda mais minha visão para o que acontece ao meu redor e assim captar, cada dia mais, ideias novas que vão além da minha visão do dia a dia.
Sobre as outras palestras vou falar um pouco melhor nos próximos episódios do OCACAST, pois encaixam SUPER na nossa programação e sinto que falando, vou expressar melhor o quanto amei poder fazer parte desse treinamento.”

Como sua empresa pode vender melhor usando o Marketplace do Facebook?

Como sua empresa pode vender melhor usando o Marketplace do Facebook?

Milhares de pessoas têm o hábito de usar os Grupos do Facebook para oferecer produtos e serviços. Basta uma busca rápida para encontrar diversos grupos voltados para venda. Mas você já ouviu falar do Marketplace?

Esse recurso nada mais é que uma loja dentro do Facebook. Você encontra uma variedade de produtos e serviços que são publicados e vendidos pelos próprios usuários.

As empresas podem usar o Marketplace para:
– Mostrar um grande inventário de itens de varejo, aluguéis de imóveis e veículos trabalhando com um parceiro de classificados* do Marketplace.
– Anunciar sua Loja ou seus itens no Marketplace para alcançar mais pessoas, mesmo que sua empresa não publique diretamente no Marketplace.

*Parceiro de classificados: Um vendedor precisa ter uma conta pessoal para ingressar no Marketplace, pois uma página só consegue postar pela loja.

Separei um passo a passo para você começar a publicar seus produtos e serviços no Marketplace: 

1. Conecte-se ao Facebook e acesse a opção Marketplace. 

2. Em seguida, acesse a opção “+ Vender um item”.

3. Um pop-up irá abrir. Selecione o que você irá anunciar: Item para venda, Veículo para venda ou Imóvel para locação.

4. Após selecionar, insira as informações iniciais do seu produto ou serviço.

5. Escolha a categoria em que seu produto ou serviço se encaixa. São várias opções que irão ajudar o comprador encontrar o seu item.

6. Depois de escolher a categoria, você precisará escrever uma descrição para informar não só os detalhes do produto mas também as formas de pagamento e entrega. Quanto melhor a descrição mais fácil será a negociação. Faça o upload das fotos do seu produto.

7. Clique em “Publicar” e seu item estará na “vitrine” do Marketplace, pronto para venda!

8. Assim que você vender seu produto, vá até o Marketplace, clique em “Venda” e marque seu produto como vendido.

As negociações são feitas pelo Messenger. A pessoa que se interessar irá abrir uma conversa com você para fecharem a venda. O Facebook não cobra nada para publicar seus produtos e nenhuma transação financeira é feita dentro da rede social (por enquanto).

Vale ressaltar que alguns itens NÃO podem ser vendidos. Todos os classificados devem cumprir a Política Comercial do Facebook, que listam o que pode ser vendido ou não (https://www.facebook.com/policies/commerce#) e os Padrões da Comunidade do Facebook, como imagens e descrição (https://www.facebook.com/communitystandards/).

Agora que você e sua empresa já sabem como vender no Marketplace separei umas dicas de como melhorar sua venda e se destacar entre todos os que estão anunciando:

– Tire fotos com alta qualidade, que   valorize cada mínimo detalhe do produto e também em várias posições.
– Quanto melhor a descrição, mais fácil gerar o interesse pelo produto e a negociação será mais rápida. 
– Manter seus produtos sempre atualizados e sinalizados se foram vendidos ou não. 

Com estas dicas, suas vendas podem ser potencializadas. Mas lembre-se: o marketplace precisa da mesma responsabilidade de um pequeno e-commerce, pois você está tratando da reputação da sua marca e do atendimento com seus clientes! Se você já utiliza o marketplace do facebook para vender produtos online, deixe seu comentário!


Como escolher o nome ideal para a empresa?

Como escolher o nome ideal para a empresa?

O ano começou e você pretende abrir sua empresa, trabalhar de forma autônoma e investir no seu sonho? Sabia que o nome da sua empresa e a identidade visual dela são pontos de suma importância que exigem bastante atenção e comprometimento?

O nome é muito importante e não deve ser dado de improviso, pois será preciso conviver com ele – ou incorrer em altos custos para mudá-lo. Algumas ideias podem ajudar a iluminar o caminho na escolha do nome da sua empresa.

Considerando alternativas para escolher o nome ideal para a empresa

 

  • nome dos fundadores
  • nomes descritivos
  • acrônimos
  • nomes fabricados
  • metáforas

 

Nomes bem escolhidos tem seis características

 

  • memorável
  • significativo
  • aprazível
  • transferível
  • adaptável
  • resguardável

 

Com essas informações, a minha sugestão é: liste todos os nomes que você escolheu e deixe as ideias repousarem por um tempo. Depois de uns dias, volte às ideias e veja se o significado delas ainda fazem sentido. Filtro novamente feito, é hora de buscar opinião das pessoas que participarão da sua nova vida de empreendedor. Se você tiver um mentor, é ainda melhor!

 

Dicas importantes:

 

  • 1 – Faça uma busca da sua marca para ver se ela já existe: Veja aqui como fazer isso. 
  • 2 – Faça o registro da marca no INPI;
  • 3 – Emita o guia de recolhimento da união (GRU) e fique atento ao seu pedido, que será publicado em até 90 dias na revista do INPI 

 

Nome escolhido, você precisará pensar na identidade visual da sua marca. Isso é assunto para um post mais longo, mas posso dar uma pincelada no assunto:

 

– Considere o público-alvo em todas as fases da criação da sua empresa. Será que ele vai gostar de determinada cor? Uma fonte com serifa, mais séria ou mais divertida é o estilo do seu target?

– Faça uma boa pesquisa das empresas que concorrem no mesmo segmento. Aliás, isso será útil em muitas outras fases do processo de comunicação da marca. Mantenha um olho no cliente e o outro na concorrência.

– Caso precise de ajuda para executar os passos descritos acima, busque profissionais que encontrem, na sua ideia, a imagem perfeita para a identidade da sua empresa. A OCA trabalha com desenvolvimento de identidade visual para empresas de grande, médio e pequeno porte. Conte sempre com a nossa equipe.