fbpx
Por que sua empresa deve investir em Marketing Digital?

Por que sua empresa deve investir em Marketing Digital?

Porque quase a metade do mundo físico está conectada à internet (e este número cresce a cada segundo). Em nosso país temos aproximadamente 120 milhões de pessoas conectadas, tenho certeza que muitas dessas pessoas podem estar comprando seus produtos ou serviços neste exato momento, se a sua estratégia digital estiver funcionando. 

Marketing Digital nada mais é do que o conjunto de estratégias voltadas para a promoção de uma empresa na internet. Esse tipo de serviço tem se tornado cada vez mais essencial para negócios que desejam atrair clientes. Vez por outra me deparo com clientes prospects (potenciais novos clientes) que fazem afirmações do tipo “O digital é realmente o futuro!” – Faço uma breve pausa e penso: “Voltamos aos anos 90?”

Vou lhe apresentar 3 motivos para investir em Marketing Digital.

1. Quem não é visto não pode vender

A decisão de compra está cada vez mais nas mãos dos consumidores. Eles buscam opiniões, resenhas e outras inúmeras informações sobre produtos e serviços antes de efetuarem uma compra. Antigamente apenas as empresas e os vendedores tinham acesso a essas informações, atualmente os clientes sabem mais sobre os produtos e serviços oferecidos do que seus vendedores.

Se a sua empresa não aparece no Google, não envia e-mails marketing e não está nas redes sociais, como pretende ser encontrado durante essas buscas feitas pelas pessoas interessadas? O Marketing Digital nasceu com o objetivo de tornar sua presença relevante na internet, facilitando que os clientes vejam você nesses meios de comunicação.

2. Seja referência em seu mercado

Muitas pessoas podem nem saber que a sua empresa existe, mas elas podem encontrá-la se você se apresentar na internet como um “solucionador das dores” desses clientes. Essas pessoas querem resolver problemas, e o produto ou serviço que você oferece é a etapa final desse processo.

Na internet você precisa ir além de falar sobre a sua empresa, a “grande sacada” é criar valor para sua audiência e responder dúvidas que ela tem, antes mesmo que saiba sobre sua solução. Este processo tem como objetivo final converter as pessoas que forem a sua persona (público-alvo) em novos clientes.

investir-em-marketing-digital

3. Segmentação de público-alvo

O Marketing Digital possibilita a segmentação de campanhas, direcionando-as ao seu público-alvo. Este processo ajuda a economizar, pois foca nas pessoas certas e proporciona maior facilidade na obtenção de retorno. No marketing off-line muitas vezes é impossível precisar exatamente para qual audiência você está falando.

Clique na imagem acima ou acesse os stories do instagram da @ocacomunica

Na internet é muito mais fácil monitorar a atividade dos usuários: hábitos de consumo, preferências, gostos pessoais, trajetória profissional etc. Dessa forma, é possível segmentar as pessoas para quem deseja anunciar um produto, serviço ou conteúdo.

Existem outros inúmeros motivos para investir em Marketing Digital, se precisar de ajuda conte conosco!

Everton de Sordi

Design e Persona – A Importância do Alinhamento

Design e Persona – A Importância do Alinhamento

O consumidor é a figura mais importante dentro da Jornada de Compra, e por isso, toda a comunicação deve seguir caminhos atrativos para que ele, de fato, compre a ideia que sua empresa pretende vender.

Com a persona não é diferente. Ao contrário do público-alvo, onde os dados levantados são mais generalizados e neutros, com a persona as informações estudadas são mais profundas, levando em consideração um perfil real de um indivíduo, como seus hábitos diários de consumo, quais redes sociais usa, o que lê etc. É importante lembrar que, por se tratar de um perfil complexo de público, a persona precisa de uma comunicação personalizada para que se identifique com o seu produto ou serviço.

Assim, mesmo que existam partes suficientemente importantes para que uma compra seja efetuada, como a pesquisa de mercado, o relacionamento durante todo o percurso, além dos posicionamentos de marca, algo fundamental que deve ser levado em consideração é o design.

Mas afinal por que o design é tão importante assim?

Como uma das partes finais da comunicação, a parte visual de uma propaganda ou de um produto é o elo das ideias que a marca quer embutir dentro de uma comunicação, e que permite a aproximação com o público a quem ela está destinada.

No caso da persona por exemplo, um produto com visual generalizado e que seja “comum” aos olhos, não terá atenção. Sua marca, então, precisa utilizar mecânicas com design voltadas a este público seleto, despertando o interesse da persona. Seja no formato de uma embalagem, em cores mais chamativas, em fontes e frases que sejam de fácil identificação, ou até mesmo nas ideias que a sua marca adota para as propagandas: tudo deve estar de acordo com o perfil da persona traçada para a sua marca.

Entendeu todas as ideias? Aqui vão algumas dicas para que você atraia ainda mais a atenção da sua persona:

  • Opte pelo uso de imagens que retratem pessoas reais, principalmente aquelas com perfis semelhantes à persona da sua marca;
  • Use fontes diferente e legíveis, sempre acompanhando as ideias criativas, tanto para a marca trabalhada quanto para a persona. Fontes cursivas e manuscritas podem funcionar muito bem para mulheres mais jovens, do que para idosos, por exemplo. Também, o uso de fontes mais finas podem impossibilitar a leitura na imagem;
  • Utilize cores que possivelmente, sua persona irá se identificar. Perfis mais empresariais tendem a admirar imagens com cores mais frias, como o azul marinho; alguém mais jovial tende a prestar mais atenção em imagens com tonalidades mais quentes e afetivas;
  • Alinhe sempre a comunicação com temas que façam sua persona se interessar pela sua marca, e que também tragam novidades sobre seus gostos pessoais.
  • De tempos em tempos, mude! Alterar a comunicação, seguindo as novidades do mercado pode facilitar a adesão pela sua persona, além de mostrar que sua marca está atenta às inovações.

Giovanni Caputo

Diretor de Arte

Qual a melhor estratégia para ter venda recorrente?

   

   

   

   

Vender pelo instagram ficou mais fácil

Vender pelo instagram ficou mais fácil

Que o Instagram é a ferramenta mais funcional para quem vende no varejo, isso não é novidade. E as funcionalidades não param: a novidade mais quente do momento é que agora, os perfis comerciais poderão marcar produtos diretamente na foto. Com essa nova possibilidade, descubra boas estratégias para começar a vender produtos e serviços utilizando a rede social.

Como começar a vender pelo Instagram?

O início do processo é simples, mas a estratégia em torno da rede social é que fará a diferença na venda. Originalidade é a melhor estratégia para vender seu produto ou serviço, criando engajamento com as suas personas. Vale lembrar que originalidade não é sinônimo de grandes investimentos, ok? Uma ideia original, bem aplicada, vale muito mais que investir muito para fazer o mesmo que todos fazem. Lembre-se: a originalidade não tem concorrência.

Utilize a prova social 

Sabe quando seu cliente começa a comprar seu produto e mostra uma foto belíssima na rede social sobre isso? Esta é a prova social que você precisa para seu negócio funcionar no Instagram. Ao ver algo assim acontecendo com sua empresa, aproveite: mande uma mensagem direta para seu cliente, peça permissão para repostar a foto dele. Pra quê fazer isso? A prova social é a melhor forma de “provar” que seu cliente usa, gosta, aprova seu produto/serviço.

Crie sua nova Vitrine no Instagram

Com o novo recurso do Instagram shopping, você pode marcar produtos com uma guia “Comprar” no perfil de forma simples (tão simples quanto marcar uma pessoa) desde que um catálogo de produtos esteja conectado à conta. Para quem navega, os compradores, as marcações de publicações de compras permitem fácil acesso às informações dos produtos marcados, como descrição do produto, valor e link direto para comprá-lo.

Você já começou a utilizar esse novo recurso? Conte pra gente a sua experiência!

 

Veja como criar relacionamento e vender mais através das redes sociais com o e-book da OCA, clicando aqui.

 

 

Você já utiliza adwords em sua estratégia?

Você já utiliza adwords em sua estratégia?

Com base na economia digital atual, o empreendedor que estiver atento a jornada de compra e aos momentos nos quais seu cliente se encontra, durante a busca por um produto na internet, estará presente 24h em seu dia a dia.

As Pequenas e Médias Empresas (PMEs) que investirem em soluções digitais têm no Google Adwords a possibilidade de um orçamento inicial flexível que se ajusta à realidade de qualquer empreendedor. O retorno de investimento para cada R$ 1,00, em média está entre R$ 3,40 e R$ 8,00, em lucros brutos de publicidade.

Para ajudar o empreendedor na tomada de decisão, o Google desconstrói os 5 maiores mitos sobre o AdWords e explica como pode ser simples na hora de planejar a divulgação de um site.

 

Mito 1

O AdWords funciona apenas para empresas que possuem uma grande verba de publicidade.

Não. O Google AdWords é uma ferramenta acessível para todas as empresas, e o que a diferencia de muitos outros meios de comunicação é a oportunidade de anunciar independente do seu tamanho ou orçamento. O que é importante ter em mente é que seu retorno será sempre baseado no seu investimento. Por exemplo, se você investir R$ 1.000,00 por mês no Google AdWords você terá um retorno X, se você investir R$ 10.000,00 por mês, muito provavelmente deve ter como retorno algo próximo a 10X. E quanto mais otimizada suas campanhas estiverem, maior será seu retorno.

 

Mito 2

Se eu anunciar no AdWords, tenho mais chances de ter minha empresa colocada na primeira página dos resultados orgânicos do Google.

É importante reforçar que existem mais de 200 fatores considerados para definir posicionamento de um site na busca orgânica – e anunciar no Google AdWords não é um deles. O benefício de possuir um anúncio pago é justamente ter a possibilidade de aparecer bem colocado em resultados de buscas que são relevantes para sua empresa, independentemente se você consegue uma colocação boa nos resultados orgânicos. A colocação do seu anúncio não tem relação com os resultados de SEO do seu website.

 

Mito 3

Quem paga mais aparece na frente

Em partes. Apesar do Adwords funcionar como um leilão – quem dá um lance maior tem mais chance de aparecer no topo – o valor é apenas um dos fatores considerados para definição da ordem dos anúncios. Além do valor que você está disposto a pagar por clique, também será considerado o índice de qualidade do seu site (e das suas campanhas), e a adaptabilidade do seu site a dispositivos móveis.

 

Mito 4

Se eu já anúncio no AdWords, quanto mais palavras-chave forem utilizadas, melhor? Não. O que importa é a qualidade das suas palavras-chave, não a quantidade. Além disso, quanto maior for a relevância entre seu anúncio, e suas palavras-chave, mais resultado você deve ter – e isso independe de quantas palavras você cadastrou para ativarem seu anúncio.

 

Mito 5

Quanto mais pessoas visualizarem meu anúncio, melhor?

Como em qualquer outra estratégia de divulgação, é importante ter seu público-alvo muito bem definido. No AdWords, isso não é diferente. É importantíssimo que você segmente suas campanhas para aqueles usuários que possuem sinergia com a sua marca e seus produtos. Isso muitas vezes significa aparecer para um universo menor de pessoas, mas ao mesmo tempo fará com que seu anúncio seja muito mais eficiente.