Redes sociais: Saiba como trabalhar o storytelling da sua marca através desta estratégia

Sua caixa de entrada não será mais a mesma!
Receba os conteúdos mais recentes e fresquinhos da OCA Comunica, direto no seu e-mail

É inegável que uma boa história, quando bem contada e fluida, prende a atenção dos espectadores, e as empresas têm a oportunidade de aproveitar diferentes narrativas empregando storytelling nas redes sociais das marcas e cativar os clientes. 

Dentro de uma realidade em que as redes sociais se tornaram um espaço repleto de conteúdo com origem por todos lados, consumidores e empresas, existe uma maneira de fazer um material parecer único e se destacar perante a concorrência. 

Assim pode ser visto como uma abordagem ao contar histórias, ou seja o storytelling, que garante gravar uma marca na mente do público.

O storytelling é uma das técnicas mais cativantes para transmitir mensagens e informações. Se você quer ser um verdadeiro contador de histórias, crie narrativas envolventes que tornam as pessoas ouvintes mais atentas.

A partir do momento em que se utiliza as redes sociais, isso pode transformar o público online em seguidores fervorosos.

O que é storytelling?

Se você é um amante de livros ou cartas envoltas em envelope personalizados, procurar continuamente por novas histórias e lê-los é normal. Mas você deve ter um ou alguns autores favoritos que, em determinados casos, não hesita em comprar e ler todas as peças.

Esses autores já são bem sucedidos em relação aos outros em termos de cativar seu interesse e interações. E certamente, a razão é que eles contam boas histórias.

Então, como é possível definir a narrativa com precisão? É o ato de contar uma história através de mil palavras?

Isso é apenas um lado disso. O entendimento está no fato de que as histórias vão além da literatura.

Histórias, de fato, não podem ser encontradas apenas em livros. Na realidade, elas são uma linguagem universal que todos podem usar e entender. Elas aparecem em todas as formas de comunicação, como:

  • Conversas diárias;
  • Postagens em blogs online;
  • Textos e artigos;
  • Vídeos e podcasts.

Uma história que pode provocar uma conexão entre as pessoas está no centro da narrativa. O storytelling trata de um processo de usar fatos e narrativas para comunicar e transmitir mensagens específicas ao público. 

As histórias são reveladas através de palavras e ações com improvisação, teatralidade ou embelezamento.

Estimula a imaginação ativa do ouvinte e envolve uma interação bidirecional entre um contador de histórias e um ou mais ouvintes.

No entanto, uma característica comum de todas as formas de contar histórias, ou seja, o storytelling, é que ela capacita os ouvintes a visualizar elementos vívidos e sensoriais da história, tendo como base o desempenho do contador, as próprias experiências e entendimentos.

O que é storytelling nas redes sociais?

A narrativa da marca nas redes sociais é usar os pontos fortes de várias plataformas para entregar seu conteúdo narrativo sobre consultoria em TI, se for o caso, ao público-alvo. 

Diferentes plataformas de rede social se inclinam para demográficas diversas e estilos de narrativa. Algumas plataformas se prestam a postagens espontâneas e em forma de memes, enquanto outras se voltam ao conteúdo mais substantivo e durável. 

Para se conectar com seu público e motivá-los a compartilhar e se envolver com sua história, você precisa do conteúdo certo combinado com a plataforma certa.

Por exemplo, uma imagem densa de texto detalhando sua inspiração para iniciar sua empresa não é a narrativa ideal da marca no Instagram ou no Snapchat. No Facebook ou LinkedIn, no entanto, um conteúdo sobre cintas de amarração pode encontrar um público receptivo.

A conta oficial de rede social da sua empresa tem a “voz” de maior autoridade para sua marca, mas não precisa ser a única. Funcionários e clientes também podem ampliar sua história postando sobre a marca em contas pessoais.

Por que storytelling nas redes sociais importa?

Conexão é uma forma excelente de comunicação com outras pessoas. E uma boa narrativa é a chave para isso.

Se você está contando uma história e outra pessoa está envolvida nela, vocês dois estão em sincronia um com o outro. 

Storytelling é o gatilho da comunicação, e por isso é tão poderoso, pois envolve gatilhos mentais e psicológicos, o que se torna uma poderosa ferramenta de marketing envolvendo diferentes pontos de atenção. 

  1. Emoção 

Quando você ouve uma história sobre uma empresa de alpinismo industrial e sente uma conexão pessoal, que não é apenas teórica; é baseado em alguns fatos fascinantes da neurociência. 

Ao ouvir uma história, muitas outras áreas do cérebro são ativadas e engajadas. É por isso que desenvolve conexões pessoais e cria vínculos emocionais profundos melhor do que fatos.

  1. Ação 

A conexão e a emoção que as histórias despertam não apenas se conectam ao coração; eles podem influenciar substancialmente o comportamento humano. 

De acordo com a Revista Trip, uma série de experimentos do neuroeconomista Paul Zak provou o fato. As pessoas que assistiram a um vídeo sobre um menino doente tinham níveis mais altos de oxitocina no cérebro, o que as tornou mais inclinadas a doar dinheiro para um estranho.

  1. Valor

As histórias provocam emoções humanas, simpatia e ações. Mais do que isso, as histórias têm uma influência substancial na percepção do valor de algo. 

As marcas podem agregar mais valor subjetivo aos produtos com histórias inventadas, mas que toquem o coração e a mente das pessoas de alguma maneira, e o storytelling bem empregado cumpre bem esse papel.

  1. Memória

A contação de histórias está inserida na cultura social, gravada em mentes e corações e, portanto, tem uma conexão com a memória. 

Isso faz com que as pessoas memorizem eventos, momentos, situações, entre outros aspectos, com mais clareza, então elas se lembram por um longo tempo. 

Técnicas de narrativa digital que podem ser usadas

Embora o storytelling online possa ser uma ótima ferramenta para vender, existe a tentação de postar apenas histórias que levem a vendas. Veja o marketing online como a construção de um relacionamento.

Da mesma forma, é improvável que os clientes façam uma compra depois de ver apenas um conteúdo de rede social. A construção de relacionamento leva tempo e é um processo contínuo.

As primeiras histórias devem ser sobre a construção desse relacionamento, agregando valor e apresentando você e sua empresa. 

Não se concentre apenas em fazê-los comprar. O foco nessas histórias pode ser incentivar o público a consumir mais conteúdo ou enviá-los para uma postagem de blog que está disponível.

Existem muitas maneiras de contar histórias nas redes sociais e muitas ferramentas de storytelling

Abaixo estão 3 ideias sobre como usar melhor as redes sociais para melhor aplicação do storytelling nas redes sociais.

  1. Postagens do Facebook

Já pensou em escrever um post longo sobre balança comercial com uma imagem para apoiar a história? Essa pode ser uma ótima forma de suporte para o texto. 

Em vez de vincular a uma postagem de blog, crie uma história mais curta e coloque-a diretamente na postagem dessa que é uma das redes sociais mais acessadas em todo o mundo. 

 Você pode, então, encorajar interações e conversas em torno dele.

  1. Imagens no Instagram

É possível contar histórias no Instagram, onde as empresas podem ser mais abertas e honestas, o que permite melhor reação do público-alvo.

O storytelling sobre solo grampeado pode se formar a partir de imagens e textos curtos abordando desafios e conquistas empresariais, ou mesmo pessoais, quando compartilhadas por consumidores.

O público pode se espelhar e se sentir inspirado, levando a comentários e aumentando o envolvimento e o engajamento a partir de storytelling relevante.

  1. Divulgação de vídeos

Os vídeos são uma ferramenta perfeita para contar histórias. 

Em primeiro lugar, o conteúdo de vídeo funciona como um sonho nas redes sociais e, em segundo lugar, é uma maneira de se conectar e transmitir sua mensagem rapidamente.

Carregue-o nativamente em cada plataforma, e então compartilhe clipes por meio de histórias como teasers, criando expectativa pelo vídeo completo. 

Benefícios do storytelling nas redes sociais

O poder da narrativa funciona para compartilhar a mensagem da sua marca. A história certa ressoa com o público que você mais deseja alcançar, não importa onde eles sejam encontrados nas redes sociais. 

Otimize sua entrega de conteúdo aproveitando os pontos fortes específicos de cada plataforma social, proporcionando como benefício maior reconhecimento das construtoras em SP e atraindo novos seguidores, por exemplo.

Toda boa história tem personagens relacionáveis ​​com personalidades e interesses. Torne sua marca esse tipo de personagem, deixando seu público se envolver.

Da mesma forma, criar personalidades regulares em suas narrativas, como funcionários do escritório, mascotes da empresa, entre outros personagens, é uma boa maneira de apresentar pessoas que os clientes possam achar interessantes e atraentes.

Mais importante, no entanto, para que os benefícios sejam satisfatórios, é que as histórias tenham começo, meio e fim.

Por isso, na construção de um storytelling nas redes sociais, é importante manter blocos de construção básicos sobre uma boa história, mantendo o ritmo, sempre presente no começo, meio e fim. 

Use esse tipo de arco narrativo, de qualquer maneira, sempre que puder.

Conclusão

Nas redes sociais, aproveite a opção de stories para mostrar um pouco da agitação do dia a dia. Compartilhe vídeos dos clientes compartilhando as próprias histórias, e como sua marca é um divisor de águas total nisso.

Você pode ter sessões ao vivo e fazer parceria com outras empresas parceiras, como aquelas que fazem locação de impressoras, sendo que está inserido em um mesmo segmento, para compartilhar histórias de vida como inspiração. 

Ao analisar e rastrear o envolvimento com a história da sua marca nas redes sociais, você pode ver o que está funcionando e o que não está ressoando. 

A análise das métricas ajuda a moldar e refinar a história para torná-la mais relevante para o público-alvo. 

Lembre-se, basta uma boa história para transformar seus leads em futuros clientes, então conte algo que eles não esquecerão.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe esse conteúdo:

Categorias:

Últimos Posts

Receba nossas novidades