Qual a melhor estratégia para ter venda recorrente

Sua caixa de entrada não será mais a mesma!
Receba os conteúdos mais recentes e fresquinhos da OCA Comunica, direto no seu e-mail

Antes de entrar na estratégia, preciso fazer uma pergunta: Você sabe o que é receita/ venda recorrente no seu negócio? Pense, dentro do seu nicho, o que pode ser feito para que o cliente não compre uma vez e vá embora, ou: como é possível facilitar tanto a vida do cliente que ele praticamente compra na sua empresa sem pensar.

É levantando questões como esta que você começa a pensar numa estratégia recorrente. Há alguns anos, o e-commerce mais famoso do mundo, a Amazon, desenvolveu a “comprar com um clique”. Agora, praticamente todos os e-commerces estão com essa “funcionalidade”. Depois, vieram as assinaturas de produtos de diversos segmentos que chegam na casa do consumidor como uma surpresa boa, por um valor acessível, como o ClubeW, com assinatura de vinhos, ou o Glambox, que envia produtos de beleza para seus assinantes.

Logicamente, não é porque os clubes de assinatura são tendência que todos os segmentos de produtos precisam entrar nessa, mas existem algumas estratégias que você pode aplicar na sua empresa para garantir a venda recorrente, independente do segmento. Vamos conferir?

    • Ofereça um serviço complementar ao seu produto: você tem uma relojoaria? Venda serviços como troca de bateria; você vende refeições? Ofereça um pacote de entrega mensal de marmitex com um bom desconto.
    • Crie programa de fidelidade: seu cliente sempre compra roupas com você? A cada 5 compras, o seu cliente pode ganhar um excelente desconto ou um presente na próxima compra.
    • Tenha uma comunicação encantadora: fale com o seu cliente sobre o seu produto apenas quando for realmente necessário. Em vez disso, entenda tudo sobre a persona – o que ela gosta de fazer, lugares que frequenta, onde busca informações, assuntos que gosta de falar e ouvir a respeito… só assim você saberá como inovar no seu segmento.
  • Crie um lançamento exclusivo para os clientes mais fiéis. Depois que você aprendeu tudo sobre sua persona, saberá como fazer um lançamento que o agrada. Um exemplo simples: se você tem uma academia e sabe dizer que a sua persona é um público mais velho, que busca saúde e bem estar, porque não lançar um programa de avaliação mensal para monitorar não somente os benefícios que a academia traz, mas também monitorar a pressão, a alimentação, a glicemia e a coluna dos seus clientes?

Com alguns exemplos, você que é empreendedor ou gestor conseguiu entender a importância de saber EXATAMENTE qual é a sua persona e como isso faz você acertar a mão na hora de adotar uma estratégia para venda recorrente. Agora a bola está com você: qual é a sua persona e o que faria com que ela consumisse seu produto / serviço de forma recorrente?

Gisela Santana

Coordenadora de conteúdo digital

Compartilhe esse conteúdo:

Categorias:

Últimos Posts

Receba nossas novidades