fbpx
Como definir a identidade visual de uma empresa no ambiente digital?

Como definir a identidade visual de uma empresa no ambiente digital?

Uma das melhores sensações e alegrias de quem trabalha com marketing digital, é a conquista de um novo cliente. Assim como em qualquer outra empresa que presta serviços,  aqui na OCA COMUNICA cada conta conquistada é um novo caminho que trilhamos, unindo sempre a expectativa do cliente e nosso conhecimento. Além das estratégias do conteúdo em si, definir uma Identidade Visual que traduza a mensagem correta, é de suma importância para que o projeto tenha sucesso. 

Então, para que a nova comunicação atinja os resultados esperados e que o cliente final entenda a mensagem que queremos passar, a OCA utiliza alguns passos para construir a Identidade Visual de um novo cliente. Abaixo, listamos o nosso processo de trabalho na parte visual, e incluímos alguns exemplos práticos que já fazemos para os clientes que temos hoje na agência. 

REUNIÃO DE BRIEFING

Depois da jornada de conquista de uma nova conta, que vai desde a prospecção até a assinatura do contrato, temos uma reunião com o cliente, onde definimos as diretrizes do projeto. É nessa reunião onde criamos o briefing, documento este que norteia toda a comunicação que será criada, e principalmente a Identidade Visual. Nele, estão contidas informações sobre a empresa do cliente, expectativas sobre o projeto, além da Identidade Visual vigente. No caso, nesta última parte, é possível ver o histórico de visuais criados pela marca, além das cores institucionais e aquelas que poderão ser usadas, sem fugir do perfil já existente do cliente.

ESTRATÉGIAS

Com o briefing em mãos e depois de uma boa conversa com o cliente, é hora de criarmos as estratégias que vão definir o andamento do projeto. É aqui em que a parte funcional do projeto se inicia, e onde a parte de conteúdo começa a se desenvolver. São as estratégias de conteúdo e venda que farão com que a Identidade Visual torne-se sólida e única, sendo criada na fase a seguir, a fase dos Formatos. 

FORMATO

Seja para uma Rede Social ou para um E-mail Marketing, é muito importante definir os formatos corretos e que se ajustam nas diretrizes de cada ferramenta. No Facebook, por exemplo, são aceitos diversos formatos, mas dois deles se encaixam melhor no Feed de Notícias: o quadrado, geralmente com 800×800 pixels; e o retangular, com 1000×1300 pixels. 

O uso desses dois formatos depende do que será comunicado. Geralmente, posts que contenham apenas imagens e texto, com o intuito de comunicar algo institucional, e mais voltado para o visual, podem ser facilmente traduzidos em um formato quadrado, o mais comum nas redes sociais. Este é o caso da maioria dos nossos clientes, cuja mensagem sempre visa o conteúdo antes da forma ou do apelo comercial. 

Os formatos retangulares se dão bem quando existem informações que necessitam estar no layout, e não apenas no campo de texto que acompanha a publicação. Aqui na agência, temos casos de clientes que optam pela divulgação de roteiros de viagens, por exemplo, no próprio layout, além das informações sobre valores, formas de pagamento etc. Então, o uso do post mais “alongado” é útil, pois possibilita a inserção de mais texto no layout, além da imagem, mas que não cause um aspecto de “informação excessiva”. Neste caso, é preciso estar atento apenas com a quantidade de texto inserido, pois as diretrizes do Facebook permitem apenas 20% do layout, em texto.

APELOS E IMAGENS

Assim como no tópico anterior, os apelos se relacionam muito com o intuito da mensagem que queremos passar para o cliente final de uma marca. É nas etapas de Briefing e das Estratégias em que o tipo de comunicação é definido e, vez por outra, é possível mesclar alguns deles. Os apelos mais comuns são o Emocional e o Comercial, que norteiam o ritmo da comunicação. 

Para que isso seja traduzido no layout, nós buscamos sempre imagens e textos que possam posicionar o público-alvo / persona, sobre a mensagem que queremos passar. É comum com alguns clientes aqui da OCA que a identidade Visual tenha apoio de imagens mais emotivas, como no caso de um restaurante, em uma postagem sobre almoço em família. O uso de uma imagem que contenha uma família alegre, descontraída e que, se possível, esteja almoçando em um restaurante parecido com o estabelecimento do nosso cliente – é sempre uma boa escolha – principalmente quando não há produção de fotos. Nossos clientes contam com um banco de imagens profissional para auxiliar na criação de conteúdo.

Por outro lado, o apelo comercial pede que sejam colocados no layout elementos que façam o cliente final se sentir impelido a adquirir o produto ou serviço que estamos divulgando. Voltando ao caso das agências de turismo, além dos textos com as informações sobre os roteiros e as condições de pagamento, é importante que a Identidade Visual contenha imagens e cores relacionadas ao destino. Isso desperta o interesse do cliente final – ao ver a imagem – e faz com que ele sinta vontade de comprar a viagem que publicamos. 

É importante frisar que o uso de imagens fiéis à realidade tem um peso muito valioso para o público que se está querendo atingir. Na foto de família, por exemplo, é importante colocarmos uma imagem com pessoas próximas a nossa realidade, do que preferir fotos com famílias “americanizadas”. Para as agências de viagem, inserir fotos dos locais por onde a viagem passará é uma ótima saída, ao invés da inserção de lugares mais genéricos do destino. 

FONTES E CORES

O texto dentro de um layout é uma informação que precisa ser concisa e apresentar uma chamada estratégica, para que atenção se volte a ele e a imagem que foi escolhida especialmente para transmitir a ideia. Entenda aqui que uma postagem se baseia em imagem + texto, onde o visual atrativo está sob responsabilidade do primeiro elemento, ou seja, dá imagem. O texto então, neste caso, surge como apoio à foto, e precisa ser destacado e atrair a atenção. O uso de fontes que traduzam a Identidade Visual criada para um cliente é uma ótima opção. 

Uma empresa que faz viagens para lugares históricos (como no caso de um de nossos clientes), pode contar com imagens dos roteiros, como dito no tópico acima, e o texto no layout pode mesclar fontes sem serifas e aquelas manuscritas. Fontes que não contenham serifas (aquelas “hastes” nos finais das letras) dão um ar mais moderno ao layout e, as fontes manuscritas (que parecem feitas à mão), podem significar a liberdade e personalidade, coisas essas que um roteiro histórico podem trazer durante uma viagem. 

Outro elemento que ajuda na caracterização de uma Identidade Visual, é a cor. Nos layouts produzidos na OCA COMUNICA, a preocupação com cor está presente desde o início da estratégica de comunicação de cada conta. Geralmente, as cores usadas se baseiam na comunicação institucional dos nossos clientes e nas variações que combinem com o layout que será criado. Ainda no caso do nosso cliente perito em viagens de cunho histórico e sagrado, o uso da cor Marrom e Caramelo traduz a ideia de algo secretado pelo tempo. Outro cliente, porém, utiliza as cores Azul e Branca em sua comunicação, por se tratar de um hospital que cuida da saúde dos olhos. Essas cores estão relacionadas à área da Saúde por transmitirem serenidade, conforto e tranquilidade. 

Por fim, criar uma Identidade Visual para um cliente novo, além de ser prazeroso, exige muito conhecimento e pesquisa, para que a mensagem seja comunicada corretamente. Se você, que está lendo este texto, acredita que a sua comunicação pode ser melhor, conte com a OCA COMUNICA. Nosso time é especialista nas estratégias de Marketing Digital e pode fazer com que a sua marca tenha muito mais sucesso.