SOCIAL

Como o monitoramento de redes sociais impacta suas vendas?

Você já sabe que o monitoramento de redes sociais ajuda no relacionamento entre marcas e clientes, mapeia usuários com problemas para atendimento e identifica o que seu consumidor pensa sobre a marca e seus produtos. Mas será que as informações retiradas das redes sociais conseguem impactar diretamente o aumento das suas vendas? Confira o texto e descubra como vender mais usando as redes sociais.

 

Saiba identificar oportunidades de negócios:

As oportunidades ocorrem para quem está atento a elas, isso é fato. Quando você monitora as redes sociais, sua empresa tem acesso a uma série de argumentos para aumentar suas vendas como dúvidas dos clientes, diferenciais que eles procuram, soluções que ainda não encontraram, e por aí vai.

Basta para aproveitar esses insights e desenvolver produtos e serviços que sejam adequados a essas necessidades. Se ficar em dúvida em relação a algum ponto, pergunte ao cliente. Diga-lhe que deseja ofertar a melhor solução do mercado, mas que precisa entender em profundidade o problema que ele tem para que possa trabalhar sobre ele.

 

Obtenha informações sobre pontos de vendas:

Se você comercializa seus produtos através de pontos de venda e deseja saber como andam as vendas por lá, é possível monitorar o nome do local, os produtos vendidos ou serviços prestados e assim obter informações importantes para melhorar este ponto de contato com o seu cliente, potencializando as vendas.

 

Verifique a repercussão de promoções:

Quando você lança uma promoção na sua loja, uma boa maneira de acompanhar a repercussão dela é verificar o que está sendo comentado nas redes sociais. Através do monitoramento você sabe a opinião dos consumidores sobre quais produtos são mais baratos, quais são mais desejados, e quais não fazem tanta diferença para os clientes, podendo dimensionar suas próximas ações com muito mais eficácia. Ao compreender exatamente o que o seu cliente está buscando você direciona suas ofertas para que ele se sinta privilegiado e faça melhores e maiores compras.

 

Identifique influenciadores e aproveite-os:

Influenciadores são aqueles clientes que fazem a cabeça dos demais, seja com opiniões positivas ou negativas. Identificar um influenciador permite que você aproveite o dom da palavra dele para divulgar ainda mais sua marca e obter mais clientes sem um investimento alto.

Os bons influenciadores são pessoas que têm uma empatia muito grande com a sua empresa e possuem histórias positivas a serem contadas, e você não pode deixar isso escapar. Pedir depoimentos, colocá-los como aliados em campanhas, mostrar a outros clientes como sua empresa é vista por essas pessoas, a torna mais próxima e bem quista.

Quando identificar um influenciador negativo, procure saber o que causou esse desagrado, como sua empresa pode mudar essa história e, obtendo sucesso, utilize este pequeno fracasso para mostrar que sua empresa está atenta aos seus consumidores e preza pela satisfação de todos.

Com histórias bem-sucedidas e recomendações que não podem ser negadas, suas vendas certamente vão disparar!

O monitoramento de redes sociais permite que sua empresa esteja sempre um passo à frente e possa usar o conhecimento adquirido para direcionar suas estratégias de marketing e vendas de maneira mais assertiva, conferindo maior sucesso para sua empresa!

DIGITAL, ESTRATÉGIA

Você já utiliza adwords em sua estratégia?

Com base na economia digital atual, o empreendedor que estiver atento a jornada de compra e aos momentos nos quais seu cliente se encontra, durante a busca por um produto na internet, estará presente 24h em seu dia a dia.

As Pequenas e Médias Empresas (PMEs) que investirem em soluções digitais têm no Google Adwords a possibilidade de um orçamento inicial flexível que se ajusta à realidade de qualquer empreendedor. O retorno de investimento para cada R$ 1,00, em média está entre R$ 3,40 e R$ 8,00, em lucros brutos de publicidade.

Para ajudar o empreendedor na tomada de decisão, o Google desconstrói os 5 maiores mitos sobre o AdWords e explica como pode ser simples na hora de planejar a divulgação de um site.

 

Mito 1

O AdWords funciona apenas para empresas que possuem uma grande verba de publicidade.

Não. O Google AdWords é uma ferramenta acessível para todas as empresas, e o que a diferencia de muitos outros meios de comunicação é a oportunidade de anunciar independente do seu tamanho ou orçamento. O que é importante ter em mente é que seu retorno será sempre baseado no seu investimento. Por exemplo, se você investir R$ 1.000,00 por mês no Google AdWords você terá um retorno X, se você investir R$ 10.000,00 por mês, muito provavelmente deve ter como retorno algo próximo a 10X. E quanto mais otimizada suas campanhas estiverem, maior será seu retorno.

 

Mito 2

Se eu anunciar no AdWords, tenho mais chances de ter minha empresa colocada na primeira página dos resultados orgânicos do Google.

É importante reforçar que existem mais de 200 fatores considerados para definir posicionamento de um site na busca orgânica – e anunciar no Google AdWords não é um deles. O benefício de possuir um anúncio pago é justamente ter a possibilidade de aparecer bem colocado em resultados de buscas que são relevantes para sua empresa, independentemente se você consegue uma colocação boa nos resultados orgânicos. A colocação do seu anúncio não tem relação com os resultados de SEO do seu website.

 

Mito 3

Quem paga mais aparece na frente

Em partes. Apesar do Adwords funcionar como um leilão – quem dá um lance maior tem mais chance de aparecer no topo – o valor é apenas um dos fatores considerados para definição da ordem dos anúncios. Além do valor que você está disposto a pagar por clique, também será considerado o índice de qualidade do seu site (e das suas campanhas), e a adaptabilidade do seu site a dispositivos móveis.

 

Mito 4

Se eu já anúncio no AdWords, quanto mais palavras-chave forem utilizadas, melhor? Não. O que importa é a qualidade das suas palavras-chave, não a quantidade. Além disso, quanto maior for a relevância entre seu anúncio, e suas palavras-chave, mais resultado você deve ter – e isso independe de quantas palavras você cadastrou para ativarem seu anúncio.

 

Mito 5

Quanto mais pessoas visualizarem meu anúncio, melhor?

Como em qualquer outra estratégia de divulgação, é importante ter seu público-alvo muito bem definido. No AdWords, isso não é diferente. É importantíssimo que você segmente suas campanhas para aqueles usuários que possuem sinergia com a sua marca e seus produtos. Isso muitas vezes significa aparecer para um universo menor de pessoas, mas ao mesmo tempo fará com que seu anúncio seja muito mais eficiente.

EMPREENDEDORISMO, ESTRATÉGIA, GESTÃO

Como escolher o nome ideal para a empresa?

O ano começou e você pretende abrir sua empresa, trabalhar de forma autônoma e investir no seu sonho? Sabia que o nome da sua empresa e a identidade visual dela são pontos de suma importância que exigem bastante atenção e comprometimento?

O nome é muito importante e não deve ser dado de improviso, pois será preciso conviver com ele – ou incorrer em altos custos para mudá-lo. Algumas ideias podem ajudar a iluminar o caminho na escolha do nome da sua empresa.

Considerando alternativas para escolher o nome ideal para a empresa

 

  • nome dos fundadores
  • nomes descritivos
  • acrônimos
  • nomes fabricados
  • metáforas

 

Nomes bem escolhidos tem seis características

 

  • memorável
  • significativo
  • aprazível
  • transferível
  • adaptável
  • resguardável

 

Com essas informações, a minha sugestão é: liste todos os nomes que você escolheu e deixe as ideias repousarem por um tempo. Depois de uns dias, volte às ideias e veja se o significado delas ainda fazem sentido. Filtro novamente feito, é hora de buscar opinião das pessoas que participarão da sua nova vida de empreendedor. Se você tiver um mentor, é ainda melhor!

 

Dicas importantes:

 

  • 1 – Faça uma busca da sua marca para ver se ela já existe: Veja aqui como fazer isso. 
  • 2 – Faça o registro da marca no INPI;
  • 3 – Emita o guia de recolhimento da união (GRU) e fique atento ao seu pedido, que será publicado em até 90 dias na revista do INPI 

 

Nome escolhido, você precisará pensar na identidade visual da sua marca. Isso é assunto para um post mais longo, mas posso dar uma pincelada no assunto:

 

– Considere o público-alvo em todas as fases da criação da sua empresa. Será que ele vai gostar de determinada cor? Uma fonte com serifa, mais séria ou mais divertida é o estilo do seu target?

– Faça uma boa pesquisa das empresas que concorrem no mesmo segmento. Aliás, isso será útil em muitas outras fases do processo de comunicação da marca. Mantenha um olho no cliente e o outro na concorrência.

– Caso precise de ajuda para executar os passos descritos acima, busque profissionais que encontrem, na sua ideia, a imagem perfeita para a identidade da sua empresa. A OCA trabalha com desenvolvimento de identidade visual para empresas de grande, médio e pequeno porte. Conte sempre com a nossa equipe.